20/01/2010

Aeroporto Pode Crescer até aos 15 Milhões


No futuro, o Aeroporto Internacional de Faro estará preparado para receber um máximo de 15 milhões de passageiros. Obras de remodelação já estão em curso. 
O Aeroporto de Faro poderá vir a receber no futuro, perto de 15 milhões de passageiros, caso seja necessário. Em curso, estão obras de ampliação da plataforma e das áreas de segurança, intervenções que permitirão aumentar em cerca de 25 por cento os movimentos de aviões, na capital algarvia.
“Estas intervenções, que já iniciámos, vão permitir passar de 22 para 30 movimentos de aeronaves por hora”,  António Correia Mendes, director do Aeroporto Internacional de Faro.
As obras já iniciadas estão a cargo das empresas Tecnovia/Açores e Alves Ribeiro, que incluem também os caminhos de circulação e a construção do sistema ILS (Instrument Landing System) na pista 10, rondam os 30 milhões de euros, e o projecto global de reestruturação do Aeroporto só ficará concluído em 2013, mas o director do Aeroporto afirma que os investimentos que estão a ser efectuados permitirão, se for necessário, aumentar para o triplo o número de passageiros a ser processado por Faro, número que actualmente ronda os 5 milhões (chegadas e partidas) por ano.
“Tudo dependerá das orientações estratégicas para a região, e actualmente o que se fala nem sequer passa muito por aí, pela quantidade, mas mais pela qualidade dos passageiros”, diz. “Mas se o futuro vier a demonstrar que é preciso, o Aeroporto estará preparado para os receber”, garante.
As obras de maior vulto, na aerogare, não vão começar já este ano, uma vez que são também as mais complexas: “À semelhança do que aconteceu na Portela, teremos que efectuar as obras com a aerogare a funcionar, o que é relativamente complexo, pelo que isso ficará para uma fase posterior”.
Entretanto, há mudanças menos perceptíveis para os passageiros que permitirão mudar radicalmente a capacidade da infraestrutura, tais como a criação de saídas rápidas nas pistas 28 e 10 (são uma e a mesma pista, mas para a aviação aérea são consideradas duas, os números dependem da orientação geográfica), o que permitirá que os aviões permaneçam menos tempo em pista, permitindo maior número de aterragens e descolagens no mesmo espaço de tempo.
Em 2010, serão lançados os concursos para os acessos ao parque de estacionamento e aerogare, logo que estejam prontos os relatórios de conformidade ambiental (RECAPE)

1 comentário:

Pedro disse...

Talvez com um aeroporto mais moderno, Faro se torne um destino mais atractivo para as companhias aéreas, mas muito mais teria de mudar para além do aeroporto. Melhor rede hoteleira no concelho, melhor rede de transportes (Neste cas seria vital o TGV chegar de facto ao Algarve em vez de ser só pros meninos de Lisboa), entre muitas outras questões..enfim..acho que quando for avô vou ver isto tudo realizado =)